Ligeiramente amargo, o alecrim é recomendado para carnes de porco, carneiro e peixe. Dá sabor especial também para batatas e manteigas. Erva de folhas espinhosas, têm propriedades estimulantes. Seu nome científico – Rosmarinus officinalis – é derivado da bruma do mar, uma referência à sua flor azul pálida que nasce naturalmente nas praias. Ele representa a amizade e é comumente usado em casamentos com um sinal de amor e fidelidade. Até hoje se diz que o alecrim é um excelente amuleto contra olho gordo. Estudos feitos nos últimos anos revelaram que o óleo retirado das folhas, também utilizadas para realçar o sabor de pratos, pode prevenir o desenvolvimento de câncer em animais de laboratórios. Também auxilia na digestão e no combate à dor de cabeça. O alecrim é originário da costa do Mar Mediterrâneo. Na cosmética é um ótimo fortificante para os cabelos e na pele restabelece o ph natural. Pode ser encontrado fresco ou desidratado.